MPPB: Prefeitura de Pocinhos é investigada por irregularidades em obra

De acordo com a denúncia, foram adquiridas grandes quantidades de materiais de construção para uma estrutura que já está construída

O promotor de Justiça, Predo Alves da Nóbrega, da 16ª Promotoria de Justiça de Campina Grande, autorizou a abertura de um inquérito civil público, nesta terça-feira (20), para apurar supostas irregularidades na aquisição de materiais, por parte da gestão do prefeito de Pocinhos, Claudio Chaves, para construção da Ala Covid-19, instalada no Hospital e Maternidade Municipal doutor Antônio Luiz Coutinho.

No local onde hoje está instalada a Ala Covid-19, no Hospital de Pocinhos, funcionava o antes o centro de fisioterapia da unidade. De acordo com a denúncia recebida pela promotora do Ministério Público da Paraíba (MPPB), foram adquiridas grandes quantidades de materiais de construção, para uma estrutura que já está construída.

O MPPB encaminhou ofício solicitando que o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba (CREA-PB), realize uma inspeção no hospital, para constatar se foram realizadas reformas recentemente na Ala Covid-19.

O inquérito civil te como objetivo apurar se houve a prática de ato de improbidade administrativa, por parte da gestão municipal. A autorização da investigação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPB e terá prazo de um ano para ser concluído.

Confira documento