MPPB investiga ex-prefeito por irregularidades em contas e débito de meio milhão de reais

O promotor de Justiça José Carlos Patrício instaurou um inquérito civil contra o ex-prefeito de Junco de Seridó, Kleber Fernandes de Medeiros, por suspeita de irregularidades nas contas de gestão referentes ao exercício financeiro de 2020. De acordo com o acórdão do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), as contas foram julgadas irregulares e o ex-prefeito foi multado em R$ 10 mil e teve um débito imposto em R$ 520 mil.

O TCE-PB também recomendou a cobrança executiva do débito, que ainda não foi quitado pelo ex-prefeito. O promotor alega que as irregularidades podem configurar atos de improbidade administrativa, previstos na Lei 8.429/1992.

O inquérito civil tem como objetivo investigar os fatos e as responsabilidades do ex-prefeito, bem como apurar a existência ou não de dano ao erário. O noticiado será intimado para apresentar defesa escrita em 10 dias.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab