MPPB deve abrir investigação contra vereadora Luciene de Fofinho em Bayeux

De acordo com informações, a vereadora vem fazendo rodízio de assessores e alguns deles são “fantasmas”

O Ministério Público da Paraíba, através da promotora de Justiça de Bayeux, Maria Edlígia Chaves Leite notificou a Câmara Municipal de Bayeux, para que no prazo de dez dias, informe os nomes dos assessores do gabinete da vereadora, Luciene Andrade Gomes Marinho, conhecida como Luciene de Fofinho.

O MPPB requereu que seja enviada a lista com os nomes dos assessores, dos últimos quatro anos, devendo informar ainda, a ficha pessoal e financeira da parlamentar e seu número de telefone funcional.

De acordo com informações, a vereadora Luciene de Fofinho vem fazendo rodízio de assessores e alguns deles são “fantasmas”. Por isso, a Promotoria de Justiça de Bayeux está solicitando a relação dos assessores e explicações dos mesmos.

Veja documento

 

Comente