MPF investigará irregularidades de ex-diretora de escola com recursos da merenda

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba instaurou um inquérito civil para apurar a conduta da ex-gestora de uma escola estadual, localizada em Pitimbu, região da Grande João Pessoa, que não prestou contas de recursos federais referentes a merendas e apoio financeiro. A informação está publicada na edição da próxima segunda-feira (6) do Diário Oficial do órgão.

As possíveis irregularidades são no tocante a falta de prestação de contas dos recursos repassados à escola pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e pelo Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), ambos do exercício 2017.

De acordo com o MPF, o procedimento preparatório, que precede o inquérito, foi instaurado a partir do encaminhamento de processo administrativo disciplinar da Secretaria de Estado da Educação da Paraíba.

A ex-gestora coordenava a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Durval Guedes, em Pitimbu.

A portaria, que autoriza a investigação, está assinada pelo Procurador da República Yordan Moreira Delgado.