MPF investiga delegado do Desenvolvimento Agrário na Paraíba por nepotismo

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) instaurou um inquérito civil para apurar contratações irregulares na Delegacia Federal Agrária no estado. A suspeita é da prática de nepotismo. A portaria está publicada na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial do órgão.

O delegado do Desenvolvimento Agrário na Paraíba, Edmilson Gomes de Souza, e seu substituto, Ozênio Martins de Almeida Junior estão sob suspeita de terem contratado parentes para os quadros do órgão federal.

A investigação tem prazo de um ano para ser concluída. O procurador Yordan Moreira Delgado também determinou a realização de providências após os despachos determinados na portaria.

Comente