MPF e OAB debatem formatação do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na PB

Representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB) se reuniram, nesta sexta-feira (31), para debater a formatação do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na Paraíba. O encontro, que contou com as presenças das advogadas Anna Caroline Lopes, Francisca Leite Duarte e Adriana Rodrigues, além do procurador regional eleitoral Rodolfo Alves Silva, foi realizado na sede do MPF em João Pessoa.

O objetivo principal do observatório, idealizado pela OAB, é promover a participação real e efetiva de mulheres nas eleições municipais deste ano no estado, evitando candidaturas laranjas, de fachada. Será criado um canal de denúncias e de monitoramento das candidaturas femininas registradas.

“É uma iniciativa louvável essa que a OAB nos trouxe para debatermos. O Ministério Público Eleitoral apoia a causa. Vamos somar esforços para que possamos formatar o observatório da melhor maneira possível”, declarou Rodolfo Alves, que apresentará o projeto, com a OAB, ao procurador-geral de Justiça (MPPB), Francisco Seráphico, nos próximos dias. A intenção dos órgãos é dar conhecimento do observatório a todos os promotores eleitorais e fazer com que a população dos 223 municípios paraibanos tenha consciência da importância da mulher no cenário político.

Lançamento

O lançamento oficial do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na Paraíba será no dia 13 de fevereiro próximo, a partir das 10 horas, na sede da OAB em João Pessoa. Serão convidados representantes de partidos políticos e de órgãos do sistema de Justiça, além de mulheres com mandatos eletivos, entre outras.

Comente