MPE recomenda aplicação de multa a Wallber por divulgação de vídeo contra RC

No parecer, o órgão entendeu que ocorreu a prática de ofensa à honra em contexto inarredável de propaganda eleitoral antecipada negativa

O Ministério Público Eleitoral (MPE), neste sábado (10), concedeu parecer favorável à condenação do candidato a prefeito de João Pessoa, Walber Virgolino (Patriotas), com aplicação de multa, por propaganda irregular negativa contra o ex-governador e também candidato Ricardo Coutinho (PSB).

A decisão se deu após Ricardo dar entrada em uma representação na Justiça Eleitoral, contra Wallber, após ele ter divulgado um vídeo onde associa à “bandidagem”  a Ricardo. Wallber usa as expressões “bandido” e “corrupto” na parte final do vídeo, se referindo ao socialista.

No parecer, o MPE entendeu que “ocorreu a prática de ofensa à honra em contexto inarredável de propaganda eleitoral antecipada negativa na fase de pré-campanha”.

No vídeo, o candidato do partido Patriotas, declara: “Não tenho condições de roubar dinheiro da saúde, da educação, de roubar a dignidade e a esperando do povo paraibano. Não tenho coragem de chefiar quadrilha de tráfico de drogas, de estourar banco, de carro forte. Não tenho coragem de matar pessoas inocentes para encobrir safadezas minhas, como queima de arquivo. Não tenho coragem de agredir a minha esposa

Confira decisão