Bayeux: MP investiga Luciene por falta de pagamentos a servidores da Saúde

A prefeita de Bayeux, Luciene de Fofinho, é alvo de investigação do Ministério Público da Paraíba (MPPB), após o órgão receber denuncias de atraso de salário dos servidores municipais da Saúde, referente ao mês de abril.

O MPPB, após tomar conhecimento dos fatos, notificou o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Bayeux (Sintramb) que encaminhou resposta informando que os salário do mês em questão encontra-se em atraso.

Nas informações prestadas ao órgão pelo Sintramb, via Procuradoria-Geral do Município, foi enviado uma tabela com a quantidade de prestadores de serviços e comissionados que ainda não receberam o mês de abril, explicando que estavam fazendo um processo de auditagem.

O MPPB solicitou que caso ainda exista alguma pendência, que fosse encaminhada a lista dos servidores, os valores e os motivos da falta de quitação, pois, de acordo com o órgão “o serviço de saúde é essencial e na época de Pandemia é inadmissível atraso no pagamento de servidores da saúde”.

Veja documento