MP investiga devolução de R$ 350 mil imposta a Renato Mendes por dano ao erário

Portaria que trata do inquérito civil público, foi autorizada nesta terça-feira (16) e assinada pela promotora de Justiça da Comarca de Alhandra

O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) instaurou inquérito civil público para investigar a devolução de R$ 359.562,92 imposta ao prefeito de Alhandra, Renato Mendes, decorrentes de diversas irregularidades no manejo com o dinheiro público, que causaram dano ao erário.

+Receita Federal retém FPM de JP, CG e mais 90 municípios paraibanos; veja lista

O inquérito tem como objetivo constatar se o pagamento do valor está sendo executada por Renato Mendes e, de acordo com o órgão, caso o gestor não esteja cumprindo com a determinação do MPPB, poderá configurar como ato de improbidade administrativa.

+Auxílio: Caixa realiza dois pagamentos nesta quarta; veja quem tem direito

A portaria que trata do inquérito civil público de número 001.2019.001708, foi autorizada nesta terça-feira (16) e assinada pela promotora de Justiça da Comarca de Alhandra, Ilcleia Cruz de Souza Neves Mouzalas.

Veja documento: