MP abre inquérito para apurar denúncia de servidores fantasmas em Caturité

A promotora de Justiça de Queimadas, Carolina Soares Honorato de Macedo, instaurou um inquérito civil público para apurar a denúncia de que sete pessoas seriam servidores fantasmas na Prefeitura de Caturité. A portaria que determina a abertura do inquérito foi assinada nesta terça-feira (5).

De acordo com a notícia de fato que originou o inquérito, 7 pessoas seriam servidores públicos municipais que não exerceriam suas funções, recebendo salários sem trabalhar.

A promotora de Justiça determinou que sejam tomadas as providências necessárias para identificar os investigados e o objeto da investigação, bem como para notificar a servidora Andréia Lopes Barbosa, que teria faltado ao trabalho em 23/08/2023, sem justificativa. Ela terá o prazo de 10 dias para apresentar uma explicação comprovada sobre sua ausência.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab