MP abre inquérito para apurar contratação de empresa fantasma por ex-prefeito de Cubati

O Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça de Soledade, abriu inquérito para apurar irregularidades em processo licitatório realizado pela Prefeitura de Cubati em 2008, à época sob gestão de Josinaldo Vieira da Costa.

De acordo com a promotoria, as licitações teriam sido firmadas com empresas suspeitas de serem fantasmas e alvos da Operação Transparência, da Polícia Federal, deflagrada em 2009 com o objetivo objetivo de desmontar uma quadrilha especializada em burlar a competitividade das licitações no ramo da construção civil.

Sobre a Transparência

De acordo com a PF, na época, os recursos desviados eram de convênios federais com o Ministério da Saúde, através da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). As verbas eram relativas ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e foram destinadas aos municípios de Caaporã, Casserengue, Diamante, São Miguel de Taipú e Juripiranga.

Confira a portaria do despacho:

[pdf-embedder url=”https://paraibaja.com.br/wp-content/uploads/2019/10/028.2019.000467-ICP-002_2013-Portaria_despacho-de-instauração-2019-0001066720.pdf” title=”028.2019.000467-ICP 002_2013-Portaria_despacho de instauração-2019-0001066720″]

Comente