Uma iniciativa dos ex-integrantes do programa Aprendiz de Vereador na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) quer ampliar a participação dos jovens da política a partir das ações de um grupo suprapartidário. Os estudantes Pedro Chaves e Tathiana Alcón foram estagiários no Gabinete do vereador Lucas de Brito e fundaram o Movimento Interesse Público da Paraíba (Movimento IPPB) apresentado, nesta quinta-feira (25), na Casa Napoleão Laureano.

De acordo com os idealizadores, a intenção do IPPB é incentivar a participação da sociedade nas decisões da gestão pública nos municípios, além de prospectar jovens líderes para os Legislativos municipais e do Estado da Paraíba. O grupo ainda se propõe a oferecer capacitação, apresentar oportunidades de trabalho na gestão pública e apoiar os interessados em futuras candidaturas.

“O Movimento é suprapartidário e independente que visa dar dois poderes para o cidadão: o primeiro é o de propor iniciativas populares; o segundo é que o cidadão sem apoio financeiro tenha a oportunidade de ficar apto para disputar um cargo eletivo contra os nomes que já estão no poder”, explicou Pedro, acrescentando que o intuito é o de renovar a classe política.

O evento realizado no Plenário Fernando Paulo Carrilho Milanez contou com a presença de estudantes, ex-aprendizes e de Lucas de Brito. Pedro Chaves aproveitou para fazer um reconhecimento ao tempo em que exerceu atividades como aprendiz no Gabinete do parlamentar. “Fui aprendiz de vereador na CMJP na versão institucionalizada do programaque foi criado por Lucas de Brito e que me deu esse empoderamento. A porta esteve aberta para mim porque foi a partir do programa que tive esse contato”, avaliou.

Em relação ao perfil dos participantes do Movimento IPPB, ele ressaltou que são estudantes de vários cursos, de instituições e de cidades diferentes, na faixa etária dos 18 aos 25 anos, e que fazem parte de outras organizações. “Não apoiamos nenhum partido, mas podemos integrar qualquer legenda. Eu integro o Movimento Livres que tem a pauta liberal, mas ainda não definimos uma legenda que vamos agregar”, salientou.

Comente

Camara Municipal