Morre de infarto em João Pessoa o cronista esportivo Beto Balanço; Acep divulga nota

Radialista era hipertenso e havia sido submetido, recentemente, a uma cirurgia na cabeça para retirada de um tumor

Faleceu na manhã deste sábado(18), às 08h00, o radialista Humberto Freire, mais conhecido por Beto Balanço. Ele veio a óbito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Bancários após passar mal com falta de ar e foi levado as pressas para a unidade, onde teve três paradas cardíacas e não resistiu.

Beto era hipertenso e havia sido submetido, recentemente, a uma cirurgia na cabeça para retirada de um tumor. De acordo com informações da família, o corpo do radialista será velado a partir das 14h00, na Central de Velórios Rosa de Saron, em Jaguaribe.

Apesar do sintomas de falta de ar, a UPA ainda não informou se a causa da mortes foi por coronavírus. Beto era filho do palhaço Kerrenca, tinha 60 anos e já atuou em diversas rádios da Paraíba como técnico de externa, a exemplo da Tabajara, CBN, Correios , Sanhauá e foi diretor da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba (ACEP-PB) por mais de 10 anos. Ele deixa esposa e quatro filhos.

Leia nota da ACEP

A Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba, através de sua diretoria, manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do radialista (técnico de externa) HUMBERTO CAVALCANTE FREIRE, conhecido carinhosamente como “Beto Balanço”, vítima de  infarto fulminante.  O óbito ocorreu no dia de hoje sábado (18) de julho, as 10hs na capital paraibana.

O radialista Beto Balanço, estava com problemas sérios de saúde a um bom tempo, após fazer uma cirurgia da cabeça. Figura marcante na radiofonia esportiva paraibana, com mais de 30 anos dedicados ao rádio. Profissional que tinha como trincheira a defesa dos interesses do ouvinte, principalmente a comunidade esportiva.

Ele trabalhou como radialista esportivo em diversos maior de comunicação na paraíba, na Radio Tabajaras da Paraíba, Correio da Paraíba, antiga Arapuan-AM, seu ultimo trabalho foi na equipe de Esporte Esquadrão de Aço do narrador João Camurça. Ele ainda trabalhou como operador de turismo por maios de 10 anos.

 A Direção da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba, entidade na qual BETO BALANÇO era associado,  lamenta a perda deste ser humano especial, que tanto soube honrar o ofício de sua profissão, lamentou o presidente Ronaldo Belarmino.

Neste momento de dor, enviamos os votos de pesar e nos solidarizamos com sua esposa, seus filhos e netos, além dos colegas de trabalho e amigos.

Diretoria da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba

Comente