- Publicidade -
Cultura

Morre, aos 99 anos, escritora e dramaturga Lourdes Ramalho

De acordo com informações, ela sofreu uma parada respiratória quando estava em casa

A escritora, professora, poeta, dramaturga e pesquisadora Maria de Lourdes Ramalho morreu neste sábado (7), em Campina Grande. Ela tinha 99 anos e sofreu uma parada respiratória quando estava em casa.

- Continua depois da publicidade -

Lourdes Ramalho era conhecida em todo o Brasil por sua obra. Nascida no Rio Grande do Norte, ela tinha uma identidade forte com Campina Grande, sendo homenageada por várias vezes em eventos culturais da cidade e tendo parte de sua obra voltada a abordar temáticas da cidade.

Autora de uma extensa obra para o teatro, Lourdes Ramalho conquistou com seus trabalhos muitos prêmios, homenagens e indicações, dentro e fora do Brasil. Entre as peças da autora de maior sucesso estão “Fogo Fátuo” (1974), “As Velhas” (1975) e “A Feira” (1976). Lourdes Ramalho também enveredou na produção de livros infantis e era, como pesquisadora, uma das referências mundiais da obra do escritor espanhol Federico García Lorca.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, lamentou a perda e decretou luto oficial de três dias.

O velório do corpo da dramaturga será realizado no Teatro Municipal Severino Cabral, a partir das 10h. O sepultamento acontece neste domingo (8), no mesmo horário, no cemitério Campo Santo Parque da Paz, na Avenida Assis Chateaubriand, no Velame, em Campina Grande. As informações são do G1 PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar