Morre aos 11 meses de idade filho do cantor Zé Vaqueiro

Bebê nasceu com síndrome de Patau, que pode acometer um entre 4 mil ou 5 mil bebês, e estava internado na UTI

Fotos: Redes Sociais

Arthur, filho do cantor Zé Vaqueiro, morreu na madrugada desta terça-feira (9), aos 11 meses de idade. Ele nasceu com a síndrome da trissomia do cromossomo 13, também conhecida como síndrome de Patau, uma condição genética rara que ocorre em aproximadamente um em cada 4 mil a 5 mil bebês.

O bebê estava internado na UTI há 10 meses e, apesar de ter recebido alta em 16 de maio, precisou retornar ao hospital após uma parada cardíaca.

A síndrome de Patau é causada pela presença de um cromossomo extra nas células do bebê, o que leva a irregularidades no funcionamento celular e pode resultar em diversas anomalias congênitas severas, como malformações de órgãos, fenda palatina, microcefalia e atraso no desenvolvimento. Infelizmente, não há cura para essa condição.

Em um comunicado, Zé Vaqueiro e sua esposa, Ingra Soares, agradeceram pelo apoio e pelas orações recebidas durante o tempo em que Arthur esteve entre eles.

Veja comunicado:

Foto: Instagram