Morre a jornalista Karina Araújo, vítima do novo coronavírus, em CG

Devido a causa da morte, não deverá ter velório. Ainda não há informações sobre o sepultamento

Morreu na noite dessa terça-feira (8), aos 48 anos, a jornalista Karina Araújo, vítima da Covid-19. Ela estava internada no Hospital das Clínicas, em Campina Grande.

Karina era repórter e produtora e atualmente trabalhava na TV Borborema, afiliada do SBT. Ela também ocupou o cargo de assessora do 4º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba.

Devido a causa da morte, não deverá ter velório. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou uma nota de pesar pelo falecimento da jornalista.

Leia na íntegra:

Nota de Pesar

A Secretaria de Estado da Saúde manifesta profundo pesar pelo falecimento da jornalista Karina Paula Araújo, 48 anos, ocorrida na noite desta terça, 08 de setembro, em decorrência da Covid-19.

Assessora de imprensa, assim como trabalhadora do SUS, por muitos anos Karina se dedicou ao relacionamento da 3ª Gerência Regional de Saúde com a imprensa da região de Campina Grande, onde realizou seu trabalho com empenho diário colaborando com a qualidade das informações sobre as ações de saúde na região.

Diante da irreparável perda, nos solidarizamos com seus familiares, amigos e colegas de trabalho. Pedimos a Deus que conforte a todos.

Campina Grande, 08/09/2020.

Comente