Publicidade
Cotidiano

Monitoramento de Segurança emitirá alertas e terá primeiro centro em um ano

Secretário de Segurança Pública, Jean Nunes, deu mais detalhes sobre os centros

O governador João Azevêdo (PSB) anunciou, na manhã desta quarta-feira (10), o Sistema de Monitoramento de Segurança com Centros Integrados de Comando e Controle (CICC), que vão ser construídos em João Pessoa, Campina Grande e Patos. Os centros vão integrar a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

- Continua depois da publicidade -

O secretário de Segurança Pública, Jean Nunes, deu mais detalhes sobre os centros. De acordo com ele, a ideia do sistema é recepcionar três centros de comando de controle, distribuídos pelo estado, com as autoridades integradas.

“Além disso, esses centros recepcionarão uma tecnologia de última geração, com vídeo monitoramento, aproximadamente 1500 câmeras espalhados pelo estado, garantindo que essas imagens colhidas nas rodovias estaduais e nos bairros, sejam trabalhadas e acompanhadas pelos órgãos. Para que a gente dê uma pronta resposta para eventuais ocorrências”, afirmou Nunes.

O secretário explicou que o modelo atual, com registros de ocorrência por parte da população, não vai deixar de existir. Porém, a partir do monitoramento, ocorrências poderão sofrer ações das autoridades sem necessitar de denúncia. O “sistema é inteligente” e vai “emitir alertas”, e agentes farão o acompanhamento.

Conforme João, o primeiro centro de monitoramento deve estar pronto em um ano.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar