Publicidade
Cotidiano

Monitoramento de Segurança emitirá alertas e terá primeiro centro em um ano

Secretário de Segurança Pública, Jean Nunes, deu mais detalhes sobre os centros

O governador João Azevêdo (PSB) anunciou, na manhã desta quarta-feira (10), o Sistema de Monitoramento de Segurança com Centros Integrados de Comando e Controle (CICC), que vão ser construídos em João Pessoa, Campina Grande e Patos. Os centros vão integrar a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

O secretário de Segurança Pública, Jean Nunes, deu mais detalhes sobre os centros. De acordo com ele, a ideia do sistema é recepcionar três centros de comando de controle, distribuídos pelo estado, com as autoridades integradas.

- Continua depois da publicidade -

“Além disso, esses centros recepcionarão uma tecnologia de última geração, com vídeo monitoramento, aproximadamente 1500 câmeras espalhados pelo estado, garantindo que essas imagens colhidas nas rodovias estaduais e nos bairros, sejam trabalhadas e acompanhadas pelos órgãos. Para que a gente dê uma pronta resposta para eventuais ocorrências”, afirmou Nunes.

O secretário explicou que o modelo atual, com registros de ocorrência por parte da população, não vai deixar de existir. Porém, a partir do monitoramento, ocorrências poderão sofrer ações das autoridades sem necessitar de denúncia. O “sistema é inteligente” e vai “emitir alertas”, e agentes farão o acompanhamento.

Conforme João, o primeiro centro de monitoramento deve estar pronto em um ano.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar