Mísseis atingem área onde fica a embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, no Iraque

A Embaixada dos EUA em Bagdá foi alvo de uma tentativa ataque de foguete neste sábado, segundo informaram fontes locais. Ao mesmo tempo, uma base militar que abriga soldados norte-americanos também teria sido atacada.

Até o momento, as informações sobre o ocorrido ainda são pouco precisas. Relatos publicados em redes sociais dão conta de ao menos um projétil disparado contra a representação diplomática dos EUA na capital iraquiana. Mas, ao que tudo indica, o prédio não teria sido atingido.

De acordo com a agência Reuters, o foguete em questão, do modelo Katyusha, teria caído dentro da chamada Zona Verde de Bagdá, mas sem deixar vítimas. A informação foi confirmada por um membro das forças de segurança iraquianas à Sputnik.

​Dois estrondos teriam sido ouvidos na capital iraquiana na noite deste sábado, mas ainda não há confirmação sobre a natureza dessa outra possível explosão. Ao mesmo tempo, fontes citadas pela AFP falam em um ataque também à base aérea de Balad, localizada ao norte de Bagdá, que abriga militares norte-americanos. Dois foguetes teriam sido disparados contra a base, também sem deixar vítimas.

Ainda segundo Reuters, policiais iraquianos informaram que ao menos cinco pessoas teriam ficado feridas após o lançamento de morteiro contra o bairro de Jadriya, também em Bagdá. Até o momento, não há informações sobre a origem e o motivo desse ataque. Com informações do Sputnik.

Comente