Missão do Banco Mundial acompanha implementação do PB Rural no Sertão

Uma delegação do Banco Mundial está na Paraíba acompanhando a implementação do Programa PB Rural Sustentável, juntamente com a equipe técnica do Projeto Cooperar, órgão vinculado à Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido – Seafds. A equipe é composta por Maurizio Guadagni (chefe da missão), gerente do Projeto Cooperar no Bird; Alfonso Avestegui, do setor de Recursos Hídricos e Saneamento; Ditmar Zimath, consultor; Marilin Rehnfeldt, da Salvaguardas Sociais; e Fernanda Balduino, gerenciamento financeiro; e Marcos Gambi, consultor.

Nesta quarta (5) e quinta-feira (6), a missão vai ao Sertão paraibano para conhecer o funcionamento de uma Cooperativa, no município de Aparecida; e de uma Associação de Agropecuaristas, em Pombal; e participar da Oficina de Fortalecimento dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, também em Pombal. No município de Sousa, vão conhecer as novas instalações da Gerência Regional do Projeto Cooperar.

A missão, que chegou nesta segunda-feira (3), permanece na Paraíba até a próxima sexta-feira (7), e foi recepcionada pelo secretário executivo do Projeto Cooperar, Omar José Batista Gama. Em seguida, no auditório da instituição, houve apresentação da síntese da evolução na execução do PB Rural em 2019. Após o almoço, se reúnem com a coordenação do Componente 4 do projeto, que dispõe sobre Gestão, Monitoramento e Avaliação, para definir estratégia para qualificação de quadro de pessoal do Cooperar; Termos da parceria com a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer) e sua atuação nos componentes 1, 2 e 3.

Ainda à tarde, discutem pontos de ajustes do Manual de Operação, se necessário; implementação do Sistema de Informação, Gerenciamento, Monitoramento e Avaliação do PB Rural (Sigma); Processo de contratação de empresa para auditoria externa e Plano de Monitoramento e Avaliação – Linhas de base – estratégia de padronização, coleta e processamento.

Nesta terça-feira (4), os integrantes da missão do Bird se reúnem com a coordenação do Componente 3 (Alianças Produtivas) do PB Rural Sustentável, para conhecer a estratégia de capacitação como ferramentas para elaboração de Planos de Negócio e lançamento da chamada – identificação do público alvo e processo posterior de execução/multiplicação; Contratação dos facilitadores de mercado; Atualização do piloto e estratégia de implementação – definição de data para o processo; Validação formulário de Manifestação de Interesse (MI)/elegibilidade; Estratégia de apoio para elaboração de MI e anteprojeto; Modelo de avaliação independente dos PN (Plano de Negócio) e Preparação para lançamento chamadas.

E à tarde, com o Componente 2 (Acesso à Água e Redução da Vulnerabilidade Agroclimática), a missão verá o acolhimento de demanda do subcomponente 2a (Acesso à Água de Qualidade) – Processo de acolhimento, legitimação e priorização das demandas; Lançamento da chamada do subcomponente 2b (Reduzir a Vulnerabilidade Agroclimática) – Processo de acolhimento, legitimação e priorização de demandas; Conhecer a estratégia de implementação por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer).

Também vai acompanhar ações do subcomponente 2c em reunião com Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) para avaliar o pacto de cooperação e Termo de Referência (TdR) para contratação de empresa para implantação do Sistema Estadual Estadual de Informações de Riscos Agrohidroclimáticos (Seira); Implantação do Sistema Estadual de Abastecimento de Água Rural da Paraíba (Sear/PB) – Conhecer o documento do modelo de gestão ajustado e TdR de consultor para apoiar o processo; e Acompanhar implementação da implantação do modelo de gestão de água (piloto).

Ainda, à tarde, acontece reunião financeira, juntamente com o Componente 2b/ATER – Arranjos de desembolso e aquisição, da qual participam Fernanda Balduino (Gerenciamento Financeiro do BM), Maurizio Guadagni e Ditmar Zimath. Em seguida acontece reunião com Marilin Rehnfeldt, sobre o Plano de Gênero/ Etnia; Guia de Gestão de Risco e Estratégia de monitoramento ambiental das ações junto aos componentes.

Visita de campo

Na quarta-feira (5), os representantes do Bird viajam para o município de Sousa, onde visitam a Cooperativa Agropecuária dos Apicultores do Sertão – Coaspa, na cidade de Aparecida. Conhecem também o funcionamento da Associação Comunitária dos Agropecuaristas do São João, em Pombal e participam ainda de Oficina de Fortalecimento dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, no município de Pombal.

Na sexta-feira (7), a missão se reúne com a coordenação do Componente 1 (Fortalecer Instituições e Apoiar as Pessoas), para conhecer o andamento do processo de capacitação dos CMDRS e material de apoio utilizado; Estratégia de fortalecimento organizações de produtores, associações comunitárias e instituições parceiras; Modelo de sistematização de demandas e atendimento de capacitação; Programa de educação sanitária ambiental, segurança alimentar e práticas agrícolas sustentáveis. A missão será encerrada após reunião com o governador João Azevêdo.

Comente