- Publicidade -
Brasil

Ministério da Justiça diz que celulares de Bolsonaro foram alvo de hackers

Em nota divulgada nesta manhã, o Ministério da Justiça e Segurança Pública disse que a Polícia Federal informou que celulares usados pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) foram alvos de ataques hackers promovidos pelo grupo que foi preso na operação Spoofing, deflagrada na última terça-feira.

- Continua depois da publicidade -

“O Ministério da Justiça e Segurança Pública foi, por questão de segurança nacional, informado pela Polícia Federal de que aparelhos celulares utilizados pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira (23). Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao Presidente da República”, diz o informe.

Na terça-feira, a PF prendeu quatro pessoas suspeitas de invadir o celular de autoridades, como o ministro Sergio Moro e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, o procurador Deltan Dallagnol.

Em apresentação realizada na tarde de ontem, a Polícia Federal informou que os supostos hackers atacaram aproximadamente mil telefones celulares e participaram de fraudes bancárias.

“Nós estamos estimando que aproximadamente mil números telefônicos diferentes foram alvo dessa operação por essa quadrilha”, disse o coordenador geral de inteligência da Polícia Federal, delegado federal João Vianey Xavier Filho, ao fazer apresentação à imprensa junto com o diretor do Instituto Nacional de Criminalística (INC), Luiz Spricigo Júnior.

Os presos na operação são Danilo Cristiano Marques, Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira e Walter Delgatti Neto. Segundo a defesa de Elias Santos, Delgatti Neto teria dito ao amigo que a intenção era vender ao PT as mensagens “hackeadas” do celular de Moro.

Uma fonte ligada ao caso que pediu para não ser identificada afirmou ao UOL que Delgatti Neto admitiu que clonou o telefone de Dallagnol. Com informações do UOL.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar