Milanez Neto: “CMJP tem é um G20 que a qualquer momento se tornará G21, G22”

O líder da situação na Câmara Municipal de João Pessoa, Milanez Neto (PTB), rechaçou as ironias do ex-líder da oposição, Leo Bezerra (PSB), que disse que Milanez liderava a bancada sozinho, em uma espécie de “G1”, fazendo alusão ao G10 da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), grupo formado por dez deputados da base de João Azevêdo (PSB).

“O que eu faço é solicitar à Mesa, como venho solicitando sempre, que sejam pautados os projetos de interesse da sociedade encaminhados pelo Executivo. Para aprovar ou derrotar. Vereador Leo não é para estar com medo de votação até porque o G1 não pode ganhar. Não pauta votações e, se pautar, com certeza pede, jamais irá ganhar porque é um voto só”, alfinetou.

Segundo Milanez, o que existe de fato na CMJP é o “G20”, se referindo aos vinte vereadores que compõem a bancada governista. Ele disse, ainda, que este número pode crescer em breve pois não usa “dublês” para anunciar chegada de membros “como alguns parlamentares quando foram líderes”.

“Na verdade o que a Câmara tem é um G20 e a qualquer momento se tornará G21, G22 e vai continuar crescendo, vai continuar vindo vereadores da oposição e eu nunca fui de usar dublês como alguns parlamentares quando foram líderes, que diziam que ia ter adesão, que ia fazer CPI, que ia chegar assinatura, que não ia chegar. Eu sempre tive compromisso de responsabilidade e o que eu vejo hoje são 20 vereadores, 20 colegas, de forma harmoniosa e unida, trabalhando pela cidade de João Pessoa. Já recebemos, só neste cinco meses [de 2019], a vereadora Raíssa, que reintegrou a nossa bancada, recebemos o vereador Humberto Pontes e estamos de braços abertos para receber outros vereadores. A resposta que vou dar é continuar trabalhando, ajudando a cidade, a prefeitura, a sociedade a construir dias melhores”, finalizou.

Comente