Menina de 12 anos que sumiu no RJ foi encontrada trancada em quitinete no Maranhão

A garota de 12 anos que desapareceu em 6 de março no Rio de Janeiro e foi encontrada nesta terça-feira (14) no Maranhão estava trancada em uma quitinete em São Luís (MA), para onde foi levada em um carro de aplicativo por R$ 4 mil. Um homem de 25 anos foi preso por cárcere privado.

A polícia ainda apura se a viagem, de 3,1 mil quilômetros de distância, foi feita por meio do aplicativo ou se foi combinada com o motorista por fora. Segundo as investigações, a menina foi buscada na escola, em Sepetiba, Zona Oeste do Rio, pelo homem com quem ela vinha se comunicando em um aplicativo de vídeos por cerca de dois anos. O suspeito viajou de avião até o Rio de Janeiro para buscá-la.

Pais terão de ir a São Luís

Os pais agora tentam juntar dinheiro para buscar a garota, pois, além de ser menor de idade, ela não possui documentação.

“Nós vamos ter que ir lá buscá-la. Só que nem eu nem a mãe dela temos condições financeiras. Estamos vendo como vamos fazer para arrecadar o valor das passagens de ida e volta”, disse o pai.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou que os pais precisarão buscar a jovem e informou que eles podem pedir ajuda ao estado para custear a passagem.

Menina foi levada para abrigo

Até o reencontro com a família, a garota ficará na Casa da Mulher Brasileira, um centro de referência no atendimento a mulheres em situação de violência em São Luís.

Mesmo preocupado em como fazer a viagem, o pai comemorou o encontro da filha pelas polícias do Rio e do Maranhão.

“Pediram para a família manter a calma e reiteraram que ela estava bem. Estou aliviado. Finalmente minha filha vai voltar para casa”, disse.

O pai contou, ainda, que a mãe da menina passou mal durante a semana com pressão alta e nos últimos dias chegou a perder a voz. “Ela está ansiosa para dar um abraço na filha”, disse. A polícia ainda apura se a garota foi estuprada.

“Nós conseguimos, através de informações entre a delegada do Rio de Janeiro e a nossa equipe de inteligência, chegar ao local do possível cárcere da jovem. Ela se encontrava trancada em uma quitinete no bairro da Divinéia. Estávamos tentando abrir a porta, quando ela abriu a janela. Percebemos realmente que ela ficava trancada dentro da casa. Um crime de sequestro, ela só tem 12 anos de idade”, detalhou o delegado Marcone Matos. Do g1.