- Publicidade -
Esportes

Membro do conselho do Comitê Olímpico Japonês pede adiamento das Olimpíadas

Ela defende que em meio a pandemia do coronavírus os atletas não têm mais tempo de se prepararem de modo adequado até a abertura do evento

Medalhista olímpica e membro do conselho do Comitê Olímpico Japonês (JOC), Kaori Yamaguchi pediu que as Olimpíadas de Tóquio sejam adiadas. Ela defende que em meio a pandemia do coronavírus os atletas não têm mais tempo de se prepararem de modo adequado até a abertura do evento, programado para dia 24 de julho.

- Continua depois da publicidade -

Yamaguchi, que ganhou uma medalha de bronze no judô nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988, disse que vai ressaltar este ponto em uma reunião do conselho do JOC, marcada para 27 de março.

– As Olimpíadas não devem ocorrer em uma situação que as pessoas no mundo não possam desfrutar. Até onde eu sei, atletas dos Estados Unidos e da Europa não conseguem treinar normalmente e não conseguiram concluir seus torneios classificatórios. Isso torna impossível que eles se apresentem bem nas Olimpíadas – sem contar todos os riscos pelos quais estão passando – alertou Yamaguchi ao jornal Nikkei.

A ex-judoca se manifestou em apoio aos comentários feitos por Hayley Wickenheiser, membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), que na terça-feira disse que a decisão de continuar com os Jogos de “insensível e irresponsável”.

-Esta crise é maior do que os Jogos Olímpicos. Os atletas não podem treinar nem fazer planos de viagem – disse Wickenheiser, que representou o Canadá em cinco edições de Olimpíadas, em suas redes sociais. Informações do Globo Esporte.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar