Marcos Vinícius e a arte de construir “pontes” na política

0

Habilidoso como poucos na política paraibana, o presidente da Câmara de Vereadores de João Pessoa, Marcos Vinícius (PSDB), tem se revelado um exímio construtor de “pontes”, metaforicamente falando (escrevendo). E isso ficou ainda mais evidente agora, quando veio à tona a possibilidade de o grupo pernambucano Ferreira Costa desistir de construir uma unidade da empresa na capital paraibana.

Mesmo integrando um partido de oposição ao Governo do Estado, Marcos Vinícius de pronto atendeu ao convite do governador para uma reunião com representantes de diversos segmentos, com o intuito de discutir alternativas e evitar que o empreendimento deixasse de se instalar em João Pessoa.

Marcos Vinícius não só mostrou desprendimento ao ir ao encontro agendado por Ricardo, como também levou no bolso do paletó a proposta de inserir o senador José Maranhão (PMDB) no processo, visto que as primeiras informações davam conta de que haveriam entraves no Comar (Comando Aéreo Regional) para a liberação de licenças necessárias à construção do Home Center Ferreira Costa nas proximidades do Aeroclube da Paraíba.

Trocando em miúdos, como volta e meia diz o genial Walter Santos – pai do jornalismo online na Paraíba -, Marcos aproveitou o caso Ferreira Costa para colocar em prática sua proposta de unificar a classe política paraibana.

Infelizmente, por pura birra – ou quem sabe cegueira – de alguns, que preferiram ignorar o chamamento do governador, a união da classe política paraibana defendida por Marcos não saiu do papel, pelo menos desta vez. Neste caso, como disse a renomada escritora Mallika Chopra em um de seus mais lidos livros, “o que vale (u) é (foi) a intenção” do presidente da Câmara de João Pessoa.

A ‘ponte’ construída por Marcos na Secom-JP

A arte de Marcos em construir ‘pontes’ não é nova. Teria aqui como relatar vários exemplos, mas vou me apegar em um dos mais recentes. No primeiro mandato de Luciano Cartaxo (PSD) na Prefeitura de João Pessoa, a relação entre a gestão do alcaide e diversos segmentos da imprensa era de mal a pior. Faltava interlocução.

Depois de testar alguns auxiliares, Cartaxo, então, convidou Marcos para assumir a Secretaria de Comunicação de João Pessoa (Secom-JP) e as mudanças foram imediatas. A interlocução com a imprensa melhorou da água para o vinho, o que para muita gente que entende de marketing político foi fundamental para assegurar a reeleição do prefeito em 2016 ainda no primeiro turno.

Resumo da ópera

Se continuar construindo ‘pontes’ como tem feito, Marcos Vinícius tem tudo para, muito em breve, pavimentar seu próprio caminho para alçar voos mais altos na emparedada política paraibana. Aguardemos, pois.

Comente

Antares

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here