Maranhão se contrapõe a movimento de renovação do MDB

Partido de Zé Maranhão comandará a comissão mais importante do Senado

Após prisões de partidários, derrotas nas urnas e em eleições para comando de Casas, o MDB vem afundando cada vez mais. Um movimento surge dentro do partido para buscar uma renovação e o retorno aos ideiais de Ulysses Guimarães. Quem se contrapõe a renovação e se posiciona defendendo a “velha guarda” é o senador paraibano José Maranhão (MDB), que também é presidente estadual da sigla.

O motim contra o atual alto escalão do MDB, que tem nomes como José Sarney, Renan Calheiros e Michel Temer, é liderado por representantes de Santa Catarina, e já recebeu apoio dos comandos do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul e Pernambuco. Em setembro deste ano acontece a eleição da nova Executiva Nacional do partido.

Os emedebistas contrários a atual cúpula do partido, temem que o partido desidrate ainda mais nas eleições de 2020 por causa da vinculação de vários líderes do MDB com as investigações da Lava Jato.

Por enquanto, certo mesmo é que o movimento vem crescendo e a insatisfação com a alta cúpula também.

Comente