Maranhão requereu votação no Senado de pauta-bomba que pode onerar erário em R$ 6 bilhões

O Senado deve votar nesta quarta-feira (7) uma pauta-bomba que pode onerar em até R$ 6 bilhões por ano as contas públicas. Se trata do aumento de salários para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 33 mil para R$ 39 mil. O requerimento para emplacar a votação, de acordo com o site ‘O Antagonista’, foi de autoria do senador paraibano José Maranhão (MDB), que também relatou o projeto na CCJ da Casa.

O reajuste pode ter um efeito cascata de aumento nos vencimentos de juízes, procuradores, promotores e parlamentares de todo o país, já que o salário de ministro do STF é usado como teto para recebimento de servidores públicos.

Entretanto, para a votação ocorrer, o presidente da casa, Eunício Oliveira (MDB-CE) terá de designar um senador para relatar os projetos em plenário. O mesmo deverá opinar favoravelmente ou contrariamente ao reajuste. Só depois disso, o texto é, de fato, votado.

 

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]