O senador e presidente do PMDB da Paraíba José Maranhão ultimamente tem dado sinais de que a satisfação pela união com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) só existe na cabeça de um: do prefeito. O peemedebista afirmou que a aliança celebrada em 2016 é passível de não ocorrer no próximo ano.

“Não existe aliança perpétua. É difícil entrosar uma aliança com alianças futuras. Luciano já deu uma grande contribuição, ou não deu, quando indicou Manoel Junior para ser vice-prefeito? O fato dele ter feito isso não quer dizer que obrigatoriamente vamos temos que estar juntos em 2018”, alegou Maranhão.

Em entrevista a uma rádio de João Pessoa, nesta semana, o senador ainda revelou que estava em conversações com o governador Ricardo Coutinho (PSB), a quem, atualmente, é oposição.

Maranhão dialogou, por telefone, com o governador Ricardo Coutinho (PSB), para agradecer um elogio do socialista. Maranhão ainda afirmou que em breve deverá conversar com Ricardo pessoalmente.

“Eu telefonei ao governador Ricardo para agradecer a gentileza de ter falado meu nome em uma solenidade. Ele disse que tínhamos que conversar mais. Porque não? essa conversa com o governador vai ser pautada por esses princípios”, declarou.

Maranhão também avaliou a gestão de Ricardo Coutinho no Governo do Estado.

“Eu acho que Ricardo tem e teve méritos muitos grandes. Tem muita coisa do governo dele que foram pensadas no meu governo, como o programa rodoviário, que o governador está dando continuidade com muita competência. Como o Centro de Convenções, que não preciso me estender porque até o próprio governador reconheceu publicamente isso. Acho que o Estado não é propriedade de ninguém, por isso que temos que reconhecer o trabalho de quem está governando quando estão governando bem. Temos que ter a humildade de reconhecer isso”, afirmou.

Maranhão esquece aliança com Cartaxo e já fala em candidatura do PMDB

O senador José Maranhão (PMDB) parece mesmo demonstrar que para seu partido a aliança com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) é coisa do passado.

Em uma reunião neste final de semana, com a vereadora Raissa Lacerda e o ex-deputado estadual e ex-vice-governador José Lacerda, Maranhão confirmou que o PMDB trabalha para ter candidatura própria.

Questionado se ele pretende se candidatar, Maranhão não confirmou nem negou, mas disse que seu nome está à disposição do partido para concorrer ao Governo do Estado nas próximas eleições.

A vereadora ressaltou ainda que, apesar do encontro e do convite que recebeu para se filiar ao PMDB, o apoio ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD) continua, mas salientou que “a política é muito dinâmica”.

 

 

Comente