Mansão comprada por paraibano será escola inspirada em projeto de Elon Musk

O paraibano Janguiê Diniz, empresário fundador da Ser Educacional, nesta semana, arrematou pelo valor de R$ 27,5 milhões a mansão que pertencia a Edemar Cid Ferreira, ex-dono do Banco Santos. O imóvel fica no bairro do Morumbi, em São Paulo e, no local, Janguiê pretende abrir uma escola inspirada no método de educação do CEO da Tesla Motors, Elon Musk. “O que antes foi um templo de ostentação agora se tornará um templo de educação”, declarou Janguiê Diniz.

O empresário pretende transformar a mansão em um centro de ensino básico de alto padrão, oferecendo desde o ensino infantil ao médio. Janguiê Diniz propõe ensinar “multi habilidades e desenvolver o pensamento crítico”, além de habilidades como “criatividade, inovação e empreendedorismo”.

A inspiração do paraibano é a Ad Astra School, que foi desenvolvida por Elon Musk, fundador da SpaceX e da Tesla Motors para a educação de seus cinco filhos nos arredores de Los Angeles. A Ad Astra School fica localizada no campus da Space X, empresa de tecnologia aeroespacial, tem fila de espera pela matrícula e não possui classes fixas nem provas. Cada criança aprende a seu tempo de acordo com os seus interesses e aptidões. Da mesma forma, o ensino é desenvolvido com base no interesse dos alunos em propor soluções para problemas reais.

Janguiê Diniz, que nasceu na cidade de Santana dos Garrotes, já procurava um local para construir a escola em São Paulo há vários anos. Depois de várias avaliações de imóveis, chegou à mansão de Edemar Cid. A casa tem 8.180 m² de terreno e 7.880 m² de área construída com projeto arquitetônico de Ruy Ohtake e paisagismo assinado por Roberto Burle Marx.

Além da Ser Educacional, Janguiê Diniz hoje se dedica ao Instituto Êxito de Empreendedorismo, uma organização sem fins lucrativos que procura desenvolver lideranças entre jovens de escolas públicas. O Instituto Êxito tem uma série de cursos on-line e ainda faz mentoria em projetos desses estudantes.

Comente