Manoel Jr. nega ‘ataque’ a João Almeida com dissolução do Solidariedade-JP

Em contato com o Paraíba Já, presidente estadual da sigla sugeriu que mudança aconteceu para dar espaço para João Almeida focar na sua campanha

O presidente estadual do Solidariedade, o vice-prefeito de João Pessoa Manoel Junior, negou que a destituição do Diretório Municipal do partido tenha sido algum ataque ao pré-candidato da legenda na capital, o vereador João Almeida, que ocupava a presidência até então. A informação circulou na noite desta quinta-feira (27).

De acordo com Manoel Junior, em contato com o Paraíba Já, a informação de que tenha sido uma “mensagem direta” a Almeida não procede. “A provisória do município de João Pessoa está inativa, e a gente fez algumas mudanças, em parcerias com o próprio João Almeida. Estamos firmes no mesmo propósito. Houve algumas alternâncias com relação a provisória passada, que estava caduca, algo natural”, explicou o presidente do partido.

A mudança aconteceu para dar espaço para João Almeida focar na sua campanha eleitoral. “Precisávamos fazer essas mudanças porque João está como pré-candidato e precisa focar na sua campanha. Estamos juntos”, disse Manoel Junior.

“Juntos e firmes”

Não tem nada da pré-candidatura de João Almeida está em xeque na capital. Nas palavras do líder partidário o Solidariedade está mais firme que nunca com seu projeto político-eleitoral em João Pessoa.

“Eu, João, Sérgio da Sac e nossos correligionários seguiremos juntos e firmes com nossa candidatura em João Pessoa”, finalizou Manoel Junior em contato com o Paraíba Já.

Comente