Magnata George Soros vai investir R$ 1,2 bilhão em igualdade racial nos EUA

Iniciativa ocorre em meio a protestos pela igualdade racial e pela reforma das polícias desencadeados pelo assassinato de George Floyd

A Fundação Open Society, o grupo filantrópico fundado pelo magnata George Soros, anunciou nesta segunda-feira que vai investir US$ 220 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão) em esforços para alcançar a igualdade racial nos Estados Unidos, um enorme empreendimento financeiro que apoiará vários grupos de justiça racial liderados por negros nos próximos anos.

A iniciativa, que ocorre em meio a protestos pela igualdade racial e pela reforma das polícias desencadeados pelo assassinato de George Floyd em 25 de maio, vai remodelar imediatamente o cenário das organizações negras de direitos políticos e civis, e sinaliza até que ponto a raça e a identidade se tornaram o ponto focal explícito da política americana nos últimos anos.

Soros, que já enfrentou desdém e antissemitismo por seu papel como megadoador de causas progressistas, também está posicionando sua fundação perto da vanguarda do movimento de protesto.

Dos US$ 220 milhões, a fundação investirá US$ 150 milhões (R$ 803,1 milhões) em subsídios de cinco anos para grupos selecionados, incluindo organizações progressistas e emergentes, como o Black Voters Matter Fund (Fundo Votos Negros Importam) e Repairers of the Breach (Reparadores da Lacuna), um grupo fundado pelo reverendo Dr. William J. Barber II, da Campanha dos Pobres. O dinheiro também apoiará organizações políticas negras mais estabelecidas, como a Equal Justice Initiative (Iniciativa para a Igualdade Racial), fundada pelo advogado de direitos civis Bryan Stevenson e retratada no filme de 2019 Luta por Justiça, estrelado por Michael B. Jordan.

A Open Society investirá US $ 70 milhões (R$ 374,7 milhões) adicionais em subsídios locais para apoiar mudanças no policiamento e na justiça criminal. Esse dinheiro também será usado para pagar oportunidades de envolvimento cívico e para organizar estágios e treinamento político para jovens.

Mesmo antes desta anúncio de segunda-feira, grupos progressistas, candidatos democratas e organizações de justiça racial haviam sido inundados com doações de pequenas quantias, quebrando recordes de doações e permitindo que o ex-vice-presidente Joe Biden, bem como os candidatos democratas à Câmara e ao Senado, registrem números impressionantes de captação de recursos. É a convergência de um ano eleitoral em que os democratas estão desesperados para derrotar o presidente Trump com um extraordinário movimento de protesto que levou muitos a agir, mudando a opinião de americanos brancos e moderados sobre a questão, como indicam as pesquisas de opinião.

De O Globo

Comente