Publicidade
Política

Lula pede para Ricardo transmitir mensagem aos brasileiros: “estou motivado”

Ex-governador paraibano disse ainda que o petista bateu na tecla da soberania nacional, que estaria sendo perdida no governo Bolsonaro

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), transmitiu à população o que ouviu do ex-presidente Lula durante visita à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista se encontra preso. Para o socialista, a palavra que simboliza o ânimo de Lula neste momento é motivação.

- Continua depois da publicidade -

“Umas das palavras que mais me chamou a atenção no diálogo que nós tivemos durante uma hora com o presidente foi uma coisa que ele disse: ‘diga ao povo lá fora que eu estou motivado. Ninguém ache que aqui dentro tem uma pessoa falando ou pensando na injustiça que foi vítima’. A injustiça, é claro, anda ao lado dele, mas a motivação para poder sair e compor ao lado de outras forças políticas, compor ao lado da sociedade uma reação mais forte a esse estado de coisas que hoje domina o Brasil é um desejo que você percebe claramente no semblante do pensamento do presidente Lula”, afirmou.

Ricardo disse ainda que outro ponto no qual o ex-presidente bateu na tecla foi a questão da soberania do Brasil. Ele afirmou que tudo está sendo vendido abaixo do preço do mercado e citou o caso da privatização de 12 terminais em aeroportos nordestinos.

“Disse várias vezes que tem um interesse básico hoje: que é a questão da soberania nacional. O Brasil está sendo rasgado, vendido por 30 dinheiros [sic]. Para que nós tenhamos ideia da violência e da virulência disso, tudo que se vende, se vende muito abaixo do preço. Venderam recentemente doze aeroportos no Nordeste. Por 2 bilhões e quatrocentos mil. Isso significa que em média cada aeroporto saiu pela metade de um Boeing”, concluiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar