Lula deixa para próxima semana definição dos 16 ministros que faltam

Um dos nomes já convidados, mas sem confirmação oficial, é Marina Silva para o Meio Ambiente; destino de Tebet é grande incógnita

Brazil's former President (2003-2010) and presidential candidate for the leftist Workers Party (PT), Luiz Inacio Lula da Silva (R), shakes hands with former presidential candidate Simone Tebet (MDB), after a meeting in Sao Paulo, Brazil, on October 7, 2022. (Photo by NELSON ALMEIDA / AFP)

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, vai passar o Natal em São Paulo. Na semana que vem ele volta a Brasília, pra anunciar os nomes que faltam para o ministério.

O presidente eleito se reuniu em casa com o deputado estadual do PT Emídio de Souza, que participou do grupo de transição de Direitos Humanos. Lula só retorna a Brasília na próxima segunda-feira (26), quando deve concluir a formação do ministério. Dezesseis dos 37 ministros ainda precisam ser anunciados.

A TV Globo apurou que um desses nomes já está definido, mas ainda não houve a confirmação oficial. Marina Silva, deputada federal eleita pela Rede Sustentabilidade, foi convidada pelo presidente e aceitou assumir o Ministério do Meio Ambiente. O convite foi feito na sexta-feira (23), logo após ficar decidido que a Autoridade Climática, órgão a ser criado por sugestão da própria Marina Silva, será subordinada ao ministério e não à Presidência da República.

  • Lula convidou a senadora Simone Tebet, do MDB, para o Meio Ambiente. Ela se dispôs a aceitar desde que houvesse acordo para que Marina assumisse a Autoridade Climática, o que não ocorreu. E, agora, segue o impasse sobre qual será o espaço de Tebet no futuro ministério.
Do g1