Ludmilla rebate Eliza Virgínia após ser chamada de ‘maconheira’ e ‘criminosa’

Além das acusações, a parlamentar pediu a prisão da funkeira, afirmando que a artista faz indução e apologia às drogas

Ludmilla usou seu perfil no Twitter para responder a vereadora de João Pessoa Eliza Virgínia (PP), que chamou a cantora de maconheira e criminosa.

Além das acusações, a parlamentar pediu a prisão da funkeira, afirmando que a artista faz indução e apologia às drogas.

“Ué gente! Desde quando chamar alguém de maconheiro é xingamento? O que eu tenho certeza é que usar a imagem indevida de outras pessoas dá processo. Olha que dá, heinn”, defendeu a cantora em seu perfil oficial.

A vereadora mencionou Ludmilla em dois momentos durante uma discussão sobre um auxílio emergencial para profissionais da cultura.

“Eu espero que esse auxílio seja destinado a verdadeiros artistas, e não por exemplo para artistas que ficam nus nos museus, não por exemplo para artistas que fumam maconha, como a maconheira da Ludmilla”, disse ela.

Eliza também compartilhou seu discurso, usando trechos de Ludmilla no clipe de Verdinha e os dizeres “Ludmilla, a sua máscara que vai cair”.

“Induzir alguém ou fazer apologia ao uso de drogas é crime”, complementou ela a legenda.

Confira a publicação da vereadora pessoense: