Ludgério diz que é sua vez de disputar prefeitura de CG e admite concorrer contra Cássio

O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) anunciou nesta terça-feira (23) a sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG). Segundo ele, desde o início de sua vida pública, dentre as várias candidaturas de seu grupo político para o cargo, ele jamais foi o escolhido e agora é a sua vez.

“Todos da minha geração, que iniciaram a vida pública no final da década de 80 e permanecem até os dias atuais, apenas Manoel Ludgério não teve a iniciativa do grupo político, que eu faço parte ainda hoje, de ter o nome lançado e lembrado para uma disputa majoritária em Campina Grande. Félix Araújo foi prefeito e eu fui líder de governo; Cássio foi prefeito três vezes eu fui líder de governo e presidente de Câmara [de Campina Grande]; Rômulo tentou duas vezes e não logrou êxito e Romero é prefeito por dois mandatos e um grande companheiro. Eu entendo que chegou a nossa hora”, afirmou.

Segundo Manoel, se a disputa da prefeitura for oferecida à Cássio, ele irá “bater chapa”, até porque compõem legendas diferentes dentro do mesmo grupo político e por acreditar no interesse da direção nacional do PSD em ter uma candidatura na cidade.

“Cássio é filiado ao PSDB, Manoel Ludgério é filiado ao PSD. Se ele entender de ser candidato, será candidato e terá a minha compreensão, mas isso não impede de eu ser candidato. Se ele quiser bater chapa, a gente bate chapa”, garantiu.

Comente