Ligação de Gleisi, PV, espera pelo PSB e disputas internas: o PT nas eleições em JP

Partido adiou convenção que estava marcada para o dia 13 e agora será no dia 16. Informações internas mostram cenário de possíveis reviravoltas dentro da legenda

O Partido dos Trabalhadores está agitado nos últimos dias antes da convenção partidária, que foi adiada, passando do dia 13 para o último dia do prazo, o dia 16. Convenção, aliás, que foi adiada por conta do telefonema da presidente nacional do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann.

Ela pediu a extensão do dia do ato partidário para que a legenda espere por um acordo que está sendo costurado e pode gerar uma reviravolta em João Pessoa. Cogita-se internamente que pode ser uma aliança com o PSB.

Porém, Anísio Maia já anunciou Percival Henriques como seu vice. Ação freada justamente pela ligação de Gleisi para Giucélia Figueiredo, presidente do Diretório Municipal. O PT então pode compor com o PSB, mas fica a dúvida: para indicar o vice ou para receber um vice socialista?

Dentro do PT acham distante uma possibilidade de Ricardo Coutinho ir para a disputa eleitoral. Então sobre a indicação do PSB para a vice de Anísio. Por outro lado, não descartam uma chapa encabeçada por Ricardo, com Anísio de vice. Vale lembrar que o PT é o partido com maior fatia do Fundo Eleitoral é maior tempo de guia eleitoral de TV.

Há também rumores de uma possível composição com o PV, que tem a pré-candidatura de Edilma Freire, e é o partido comandado pelo prefeito Luciano Cartaxo. Porém, células petistas são contra a aliança. Mas há de se lembrar a boa relação entre Jackson Macedo, presidente estadual do PT, e Giucélia, com o gestor da capital.

Com relação a um telefonema de Lula para tratar sobre as articulações em capital de todos os paraibanos, não houve contato. Ao menos ainda.

Comente