- Publicidade -
Política

Líder de Cartaxo ainda defende a tese de erro de anotações na obra da Lagoa

O vereador e líder da bancada de situação Milanez Neto (PTB), em entrevista ao Paraíba Já, declarou que, de acordo com sua análise, não houve contradição nos depoimentos dos funcionários da Prefeitura de João Pessoa, sobre os erros nas anotações das placas, dos veículos, que transportaram o lixo na obra da Lagoa.

- Continua depois da publicidade -

“Pelo que eu li no depoimento, o funcionário diz que pode ter ocorrido o erro, pois as anotações foram feitas à noite. Que ele não sabia se o erro era dele, ou do outro funcionário que fazia o mesmo trabalho. Eu, como tenho dito sempre, que isso está diante da justiça, inclusive isso é um inquérito policial, de um funcionário público, a própria justiça”, explicou.

De acordo com o seu entendimento, Milanez afirmou que o funcionário, em depoimento, diz  que pode ou não ter ocorrido o erro. O parlamentar também afirmou que a PMJP irá provar que a obra foi feita com “lisura”

“Vou continuar analisando cada caso, agora pelo que eu li e entendi é um reconhecimento que ele está dando, que pode ou não ter acontecido o erro. Eu tenho o entendimento que ocorreu erros de anotação. A prefeitura irá mostrar mais uma vez, já mostrou com a realização da obra a sua coragem e irá mostrar em qualquer inquérito policial ou qualquer ação judicial, que temos razão e fizemos com lisura, que é a marca do nosso governo”, salientou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar