- Publicidade -
Política

Líder da oposição pede afastamento de secretários flagrados em áudios

Líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o vereador Marcos Henriques (PT) defendeu o afastamento dos secretários de Saúde e Desenvolvimento Social de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio e Diego Tavares, respectivamente. Eles são protagonistas de áudios em que discutem a operação de um suposto Caixa 2 na Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na campanha eleitoral do ano passado.

- Continua depois da publicidade -

“Estamos todos impressionados com a forma fria que os assessores de Cartaxo tratam algo tão repudiado pela sociedade. No entanto, esperamos que eles se defendam. Inclusive, nós da oposição defendemos que o prefeito Luciano Cartaxo afaste os dois. Afinal de contas, a postura de um governo decente seria afastar os seus assessores para que eles possam fazer sua defesa e esclarecer tudo”, comentou.

O petista cobrou ainda um posicionamento das autoridades policiais, para a apuração dos supostos crimes.

“É importante que o poder público, o Ministério Público e a Polícia Federal possam entrar no caso para apurar a veracidade dos fatos e dar ampla defesa aos assessores que foram flagrados nestes áudios”, observou.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar