Leo lembra ‘Caso Lagoa’ e quatro anos sem respostas sobre 200 mil toneladas de lixo

O líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Leo Bezerra (PSB) voltou a criticar a gestão do prefeito Luciano Cartaxo. Na tribuna, ele lembrou que as investigações das obras da Lagoa já duram quatro anos e os vereadores e a população não sabem, até hoje, a onde foram colocados as 200 mil toneladas de lixo retiradas da obra.

Leo criticou Cartaxo ainda por não ter entregado o Hospital da Mulher na Capital e corrigido os problemas de erosão na Barreira do Cabo Branco, desde 2014. “Não me deu direito de uma resposta, nem do pedido de uma audiência”, lamentou Bezerra.

Sobre as duas audiências públicas solicitadas, o parlamentar disse que uma era para debater a instalação do Prontuário Eletrônico e a outra, para tratar da lista de espera dos pacientes que aguardam para realizar cirurgias, consultas e exames. Leo criticou também o orçamento de apenas R$ 10 mil para manter o esporte amador do Município.

“Quais as obras que o prefeito fez, ou faz, com recursos próprios?”, questionou o vereador, afirmando que vai continuar cobrando, solicitando e encaminhando ao prefeito respostas e soluções para os problemas do Município.

O líder da oposição enfatizou, ainda, que quase 80% das obras da atual gestão são realizadas com recursos federais.