Kita repudia tentativa de desestabilizar gestão através de ataques à sua família

Gestor negou relação extraconjugal, repudiou a publicação do vídeo fake e garantiu que tomará as providências jurídicas cabíveis quanto ao caso

Nesta quarta-feira (23), um vídeo trazendo ilações acerca da vida familiar do prefeito de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania) foi espalhado em diversos grupos de WhatsApp e até publicado em sites locais.

Em contato com a Redação do Portal, afirmou que o vídeo é parte de uma série de ataques dos quais ele e sua família vem sendo alvo, desde a renúncia do ex-prefeito de Berg Lima.

“Infelizmente essa é uma postura desesperada de quem está vendo que com muito trabalho, estamos conseguindo tirar Bayeux do caos administrativo na qual o ex-prefeito a deixou. É uma montagem grosseira, com o objetivo claro de desestabilizar uma gestão que vem mudando a cara de Bayeux”, disse.

O gestor negou veementemente qualquer tipo de relação extraconjugal, repudiou a publicação do vídeo fake e garantiu que tomará as providências jurídicas cabíveis quanto ao caso. “Não tenho ou tive qualquer tipo de relação extraconjugal. Repudio completamente essas ilações perniciosas de gente infeliz e incapaz de fazer o bem. Eu e minha família estamos em paz e continuaremos assim. Tomaremos as medidas jurídicas necessárias para que os autores dessa fake news sejam responsabilizados. Um crime foi cometido e é preciso que os culpados sejam punidos”, declarou o prefeito.

Comente