Kita aponta armação de Berg Lima em denúncia: “vida e CPF sujos, envergonha Bayeux”

Vereador Jefferson Kita denúncia armação patrocinada pelo grupo político de Berg Lima em Bayeux - Foto: Jhon Alves

O presidente da Câmara de Bayeux, Jefferson Kita (PSB) usou a tribuna da Casa Legislativa nesta quinta-feira (21) para rebater uma denúncia protocolada por um servidor contratado da gestão Berg Lima, contra ele na Secretaria da Casa de Severaque Dionísio.

Kita chamou atenção para o fato de que tanto o denunciante Cláudio Teixeira Junior, que é funcionário da Secretaria Municipal de Saúde, quanto seu acompanhante Gilverlano Pereira de Medeiros, que é lotado na Seinfra, são contratados por excepcional interesse público pela Prefeitura. E para piorar o fato, imagens comprovam que, chegaram em um automóvel da Prefeitura, em horário de expediente, o que flagrantemente ataca princípios que gerem a administração pública.

Para Jefferson Kita, houve por parte do gestor a produção de provas contra si mesmo, uma vez que pessoas ligadas diretamente a ele, contratadas pela sua administração, foram as responsáveis pelo protocolamento das denúncias. Revelando o flagrante usso da Máquina Pública para fins pessoais

O parlamentar atribui a denúncia a uma armação política do prefeito Berg Lima, com o claro objetivo de tirar o foco das denúncias acatadas recentemente pela Casa. “O prefeito juntamente com seus auxiliares, capachos e todos os que ele comanda para tentar coagir essa Casa, para tentar intimidar, porque essa Casa vem se mantendo firme na sua prerrogativa de fiscalizar”.

O presidente esclarece que não houve fracionamento de licitação, objeto da fantasiosa denúncia, mas o módulo de dispensa em virtude de os serviços pertencentes a rubricas distintas e, por isso, pagos separados, respaldados pela Lei n° 8.666/97, Lei das Licitações, com toda comprovação em documentos e imagens e remetidos ao Tribunal de Contas do Estado, principal órgão fiscalizador das contas dos entes públicos, como é o caso da Câmara.

Kita ressaltou que o prefeito conspira para criar um ambiente político nebuloso, a partir de fake news, denúncias falsas e ataques pessoais. “Prefeito, não se preocupe não que suas denúncias, seus fake news não prosperam”.

O presidente elevou ainda mais o tom e se remeteu aos muitos episódios de corrupção nos quais o prefeito está envolvido “Porque diferente do senhor, que tem uma vida suja e um CPF sujo, eu tenho um CPF limpo e uma vida limpa. Nunca tive nenhum tipo de irregularidade contra minha pessoa”.

Para finalizar, Kita disparou: “O senhor envergonha Bayeux”.

Comente