O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (TRT-PB) concedeu, na tarde desta terça-feira (13), liminar suspendendo a interdição do Instituto de Polícia Científica de João Pessoa. A decisão é da juíza Herminegilda Leite Machado.

A interdição do IPC em João Pessoa se deu através de ação do Ministério Público do Trabalho (MPT), na pessoa do procurador Eduardo Varandas, que inspecionou o local e alegou problemas na estrutura do órgão.

Publicidade
ALPB

O governo do Estado alegou que “a interdição traz sérios e irreparáveis prejuízos à ordem administrativa, posto que implicará na total balbúrdia à organização administrativa, gerando indevida interferência nas atribuições do Estado da Paraíba quanto ao modo de organizar e tornar efetivo os serviços prestados pela Polícia Civil, o que acarretará sérios prejuízos à sociedade e ao interesse público primário, principalmente no que tange à segurança pública”.

Confira na íntegra a decisão da magistrada.

Justiça concede liminar e suspende interdição do IPC de João Pessoa

Justiça concede liminar e suspende interdição do IPC de João Pessoa

Justiça concede liminar e suspende interdição do IPC de João Pessoa

Comente

Camara Municipal