Juliette Freire critica ex que foi a público falar dela: ‘aquilo ali foi uó’

Paraibana citou o empresário Frederico Perusin como exemplo: o perfil dele foi encontrado por alguns de seus fãs no Instagram

Juliette Freire tem aproveitado a fama que ganhou durante sua participação no “BBB 21” (Globo), do qual saiu com R$ 1,5 milhão no bolso. No entanto, ao sair do confinamento, a advogada se mostrou incomodada com as atitudes de alguns ex-namorados que vieram a público falar sobre ela.

Ela citou o empresário Frederico Perusin como exemplo: o perfil dele foi encontrado por alguns de seus fãs no Instagram e ele fez algumas considerações sobre a paraibana. “Olha, aquilo ali foi uó. Aquilo ali foi ‘uó’. Eu só fiquei uma vez, tá? E sou eu mesma. Sou pegadora mesmo”, disse ela em entrevista a Hugo Gloss.

Adoro beijar na boca, paquerar… Achei que aquilo ali foi muito “kikiki kakaka” para pouca coisa. Tipo assim: eu só beijei o menino, foi pouca coisa, nada demais. Nem Tchaki tchaki, nem Tchurubei tchurubai, entendeu? Acho que fizeram muito alarde para pouco ruído.

Segundo ela, os ex-namorados que não chamaram a atenção do público durante seu confinamento no programa são os que merecem uma possível segunda chance. “Tiveram outros que realmente fizeram alguma coisa e nem falaram nome, ninguém sabe quem é. Esses podem falar um ‘oi, sumida’ comigo”, brincou.

Juliette se mostrou ansiosa para voltar a paquerar e revelou sua estratégia para marcar encontros: “Eu fiz assim. Estava lá com minha amiga e disse assim: ‘Amiga, abre meu Instagram e vai em cada um dos meus paqueras para ver o que eles responderam. Se ele foi escroto, eu quero ver a cara de pau'”, afirmou.

“Tanto é que falei na live: “Se você foi escroto, não fale comigo, senão eu vou expor. Mentira. Não vou. Mas foi um susto. Se você não foi escroto pode mandar um ‘oi, sumida’. Queria ver a cara de pau dos que falaram”, ponderou.

Até agora, ela disse ter recebido mensagens de cinco ex-pretendentes. “Eu mostrava: ‘Olha esse aqui, olha esse aqui, olha esse aqui’. E minha amiga: ‘Nossa, esse não’. E eu olhava a mensagem e era: ‘Parabéns, Juliette. Muito orgulhoso de você’. Aí fui entendendo o que cada um falou e restaram poucos”.

Apesar de dizer que gostaria de se apaixonar (“Sentir aquele friozinho na barriga por uma pessoa nova”, afirmou), ela garantiu que o momento agora é de pegação.

“Agora eu quero só pegar. Quem ficar comigo, vai saber que eu quero só ficar. Me apaixonar, acho que daqui a uns dois meses, começo a pensar nisso. Tô brincando! Eu quero ter um paquerinha. Acho que me apaixonar só daqui a uns meses. Eu sou difícil de me apaixonar”, finalizou.

Do UOL