Juíza de Conde vê “declarações caluniosas” e proíbe Aluísio Régis de difamar Márcia

Juíza de Conde vê “declarações caluniosas” e proíbe Aluísio Régis de difamar Márcia
Aluísio de Régis atacou honra da atual prefeita

A juíza Daniere Ferreira de Souza, da Vara Única de Conde, deferiu liminar, nesta quinta-feira (23), proibindo o ex-prefeito Aluísio de Régis de promover “publicações abusivas e ilegais”, em quaisquer meios de comunicação e dar “declarações caluniosas” contra a prefeita Márcia Lucena. Em seu despacho, a magistrada ainda estipulou multa de até R$ 10 mil em caso de descumprimento de sua decisão.

Ação de reparação de danos morais com pedido de liminar foi interposta pela prefeita Márcia Lucena, após ter sido atacada por Aluísio Régis durante entrevista em uma emissora de rádio de Jacumã.

Na entrevista, Aluísio Régis, que foi derrotado por Márcia Lucena nas eleições de 2016, chegou a chamar a prefeita de “vagabunda”. Os ataques do ex-prefeito causaram indignação na cidade e repercutiram na imprensa paraibana.

A Câmara de Vereadores de Conde chegou a divulgar uma nota repudiando os ataques de Aluísio Régis à prefeita Márcia Lucena.

Clique aqui e veja na íntegra o despacho da juíza

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]