Juíza aceita denúncia e torna réu seis pessoas envolvidas na operação Calvário

A juíza da 5ª Vara Criminal de João Pessoa, Andréa Gonçalves Lopes Lins, aceitou a denúncia protocolada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra a ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias. Com isso, além dela, cinco outras pessoas viraram réus no bojo da operação Calvário. Os outros implicados são Elvis Rodrigues Farias, Leandro Nunes Azevedo, Daniel Gomes da Silva, Michelle Louzada Cardoso e Maria Aparecida de Oliveira. Deles, Livânia, Daniel e Michelle são os únicos presos atualmente. Leandro chegou a ser preso na segunda etapa da operação, mas foi solto a pedido do Ministério Público após acordo de colaboração premiada.

Os seis tornados réus pela Justiça são acusados de envolvimento em crimes de organização criminosa para a prática de corrupção passiva, lavagem de capitais e falsidade ideológica, entre outros. Houve também sequestro de um veículo BMW e uma casa em Sousa, que teria sido adquirida por meio do suposto pagamento de propina feito por dirigentes da Cruz Vermelha Brasileira filial Rio Grande do Sul. As informações são do blog do Suetoni.