Publicidade
Política

Juiz federal bloqueia bens de ex-prefeito de Cuité e agenda leilão para novembro

O juiz federal Vinícius Costa Vidor decretou a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito de Cuité, Osvaldo Venâncio Filho (Bado), do ex-secretário de Saúde do município, Gentil Palmeira Filho, e de sua cunhada, Elísia Palmeira (esposa de Gentil Palmeira e irmã da ex-prefeita Euda, que é casada com Bado).

O três foram condenados na esfera federal por improbidade administrativa após o Ministério Público Federal (MPF) denuciá-los por irregularidades na gestão de recursos públicos federais, repassados ao mencionado município, para o desenvolvimento de ações básicas de saúde.

Na denúncia, de 2010, o MPF sustentou que houve utilização indevida dos recursos do Piso de Atenção Básica (PAB), no pagamento de despesas como contas telefônicas da Secretaria Municipal de Saúde de Cuité (R$ 4.127,23), aluguel de residência para profissionais do Programa de Saúde da Família – PSF (R$ 1.840,00), aluguel do imóvel destinado ao funcionamento da Secretaria Municipal de Saúde (R$ 5.800,45) e material de consumo e permanente para o hospital do município (R$ 20.226,68).

O juiz federal decretou ainda que o leilão dos bens penhorados arrolados nos autos do processo acontecessem em duas sessões que devem acontecer em novembro deste ano.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Mostrar mais

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar