Juiz eleitoral decide suspender eventos políticos em JP por 15 dias

Ficou acertado em reunião com que partidos, coligações e autoridades da segurança pública que solenidades que possam gerar aglomerações estarão proibidos

Em uma reunião conjunta entre o juiz da 76ª Zona Eleitoral, Adhailton Laiclet, e os partidos, coligações e autoridades da segurança pública de João Pessoa, nesta quinta-feira (1), ficou decidido que não serão realizados grandes eventos eleitorais nos próximos 15 dias, devido à pandemia do novo coronavírus.

Ficou acertado entre as partes que as carreatas, comícios, arrastões e demais eventos que possam gerar aglomerações estarão proibidos no período estipulado de 15 dias. Porém, as reuniões fechadas, com 30% da capacidade preenchida do local, estão permitidas, assim como as caminhadas com poucas pessoas.

O eventos deverão ser agendado com um prazo de 48 horas de antecedência, através do sistema AgendaRua, que é um instrumento de instrumento para gestão das solicitações de agendamento de eventos de propaganda eleitoral de rua.

O juiz ainda explicou que “a Justiça Eleitoral não é autoridade de saúde competente para determinadas instruções e ressaltou, mais uma vez, a possibilidade da observação da evolução do quadro, mudança da bandeira, comportamento dos eleitores, para nova deliberação”.

Confira a ata da reunião na íntegra