Jornalista Paulo de Pádua foi um dos homenageados no aniversário dos 20 anos da TV Câmara

O jornalista Paulo de Pádua Vasconcelos foi um dos homenageados durante a solenidade de aniversário da TV Câmara de João Pessoa que completou esta semana 20 anos de instalação.

“Estou muito orgulhoso e honrado por fazer parte da existência e crescimento de uma das Tvs públicas mais forte, organizada e que leva ao telespectador conteúdo rico, notícia de qualidade, sempre preservando o bom jornalismo, a verdade e a ética”, declarou o jornalista.

Segundo ele, a Câmara Municipal de João Pessoa foi uma das pioneiras na instalação de uma emissora de TV institucional com o objetivo de dar mais transparência ao Poder Legislativo Municipal e mostrar à população o dia a dia dos vereadores. “Eu sinto um orgulho danado de fazer parte deste momento tão único e histórico. Me lembro, como se fosse hoje, quando assumiu a diretória de Comunicação da Casa, no final de 2004 e no ano de 2005, na gestão do então presidente Professor Paiva. A nossa Tv ainda estava engatinhando, com uma equipe reduzida e poucos equipamentos. As coberturas jornalísticas e entrevistas eram feitas por uma empresa terceirizada e eram colocadas no ar, em um espaço de tempo reduzido, apenas uma hora por dia”, lembra.

O jornalista Paulo de Pádua, atualmente coordenador-adjunto de Comunicação da CMJP, lembra que, com o passar do tempo, as coisas foram melhorando, a TV ganhou novos equipamentos, ficou mais moderna, robusta e fortaleceu seu quadro funcional com a expansão de sua equipe de profissionais, como repórteres, produtores e operadores. “E hoje nós temos uma TV pública de referência, que é um patrimônio da Câmara e da cidade de João Pessoa, com profissionais capacitados e preparados para levar ao povo pessoense informação precisa e conteúdo jornalístico de qualidade”, disse.

A comemoração dos 20 anos de fundação da TV Câmara aconteceu na última terça-feira (5) no Teatro do Sesc no Centro da Capital paraibana. O evento foi prestigiado pelo governador da Paraíba, João Azevêdo, pelo prefeito em exercício da capital, Léo Bezerra e vários ex-presidentes da casa legislativa a exemplo de Severino Paiva, Marcus Vinícius, Durval Ferreira, João Corujinha e o atual dirigente, Dinho Dowsley. O ex-presidente Fernando Milanez, em cuja gestão surgiu a emissora, não pôde comparecer e foi representado pelo filho, vereador Milanez Neto (PV).

A abertura ficou por conta do Coral Antônio Leite, da CMJP, sob a regência da maestrina Socorro Estrela. Na sequência, a mestre de cerimônias, Rosângela Marques facultou a palavra ao presidente Dinho Dowsley (Avante). “O legislativo pessoense foi o primeiro entre todas as cidades do Norte Nordeste a oferecer em canal aberto e ao vivo uma programação dedicada ao dia a dia do trabalho dos vereadores. Esse é um canal de transparência para população e o mérito desse pioneirismo foi do hoje ex-vereador Fernando Milanez, aqui representado pelo seu filho”, lembrou o presidente, que convidou todos a assistirem um vídeo sobre a história da TV Câmara de João Pessoa.

Na ocasião, Dinho lembrou que a TV do legislativo estimula a cidadania em sua programação e divulga leis e propostas discutidas no plenário. Ele ainda destacou o papel importante na difusão da cultura local e anunciou que será feito um investimento de R$ 1 milhão em equipamentos para melhorar a qualidade dos produtos criados e difundidos pela TV Câmara de João Pessoa. “Nosso projeto para o futuro é ajudar as câmaras da região metropolitana”, acrescentou.

O governador João Azevêdo (PSB) parabenizou a emissora por seus 20 anos. “A TV Câmara faz com que as pessoas conheçam seus direitos, oferecendo informações de qualidade, prestando um grande serviço à população com uma programação que inclui cultura e entretenimento. Celebrar 20 anos de existência demonstra a capacidade de inovar e de se renovar da TV Câmara e eu parabenizo os profissionais que fazem parte dessa história”, frisou.

Por sua vez, o diretor de Comunicação da CMJP, Suetoni Souto Maior, avaliou a importância do canal legislativo na vida dos cidadãos: “Como as leis impactam a vida das pessoas, que direitos são criados pelas leis, como os cidadãos podem cobrá-los e como tem sido o trabalho do vereador em quem eu votei? As respostas estão na programação da TV Câmara. Nesses 20 anos, a TV evoluiu e acrescentou à missão original de dar transparência à atuação parlamentar, um trabalho voltado à cidadania, prestação de serviços, história e educação”, completou.

O prefeito em exercício de João Pessoa, Léo Bezerra (PSB) falou de algumas ações da TV. “Tenho raízes na Câmara Municipal e eu vi a TV Câmara nascer, crescer e ser a potência que é hoje. Na pandemia, quando as escolas fecharam, a TV Câmara levou aulas aos nossos estudantes. Sei o belo papel e o quanto os profissionais da TV Câmara são importantes. Quero parabenizar a todos que fazem essa emissora!”.

Durante a solenidade, houve a entrega de placas comemorativas aos 20 anos da TV Câmara a várias personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da emissora. Os ex-presidentes da CMJP, Durval Ferreira, Marcos Vinícius, Severino Paiva, João Corujinha e Fernando Milanez, além do governador João Azevêdo foram agraciados, assim como dirigentes de sistemas de comunicação e o jornalista Luís Tôrres, primeiro apresentador da emissora. O coordenador de Comunicação da CMJP, Suetoni Souto Maior e o coordenador executivo, Paulo de Pádua, também receberam homenagens, assim como Edmilson Lucena, com 41 anos de trabalho dedicado, sendo o mais antigo funcionário do poder legislativo.

Os vereadores Marmuthe Cavalcanti, Odon Bezerra, Bosquinho, Milanez Neto, Zezinho Botafogo, Thiago Lucena, Bispo José Luiz e Eliza Virgínia prestigiaram a sessão. Outras autoridades como o procurador da República José Guilherme Ferraz da Costa, do Ministério Público Federal, o procurador Alexandre César (representante do procurador geral de Justiça Antônio Hortêncio), o deputado estadual Chico Mendes (representante do presidente da ALPB, Adriano Galdino), além de Heráclito Bezerra (representando a presidente do TRE-PB, Fátima Bezerra Cavalcanti Maranhão), o presidente da OAB-PB, Harrison Targino, além do secretário de Comunicação do Estado da Paraíba, Nonato Bandeira, e do executivo da Comunicação de João Pessoa, Janildo Silva, se fizeram presentes e também foram homenageados.