João minimiza críticas de Jackson Macêdo e afirma que purismo não existe na política

O governador João Azevêdo (Cidadania) minimizou, durante a solenidade de assinatura de contratos do Programa Empreender Paraíba, com investimentos de aproximadamente R$ 1 milhão, neste sábado (1), as críticas do presidente estadual do PT, Jackson Macêdo, sobre a escolha partidária de João. Para o dirigente petista, o Cidadania não é um partido do campo da esquerda.

“Não tenho a ilusão, nem a pretensão de achar que marcharemos todos juntos. A vida é feita de opções. Se o PT decidir tomar um caminho independente, isolado, é uma opção. Não posso interferir”, afirmou ao Portal MaisPB.

O governador criticou ainda as pessoas que defendem purismo na política, afirmando que todos os partidos fazem alianças questionáveis de acordo com suas conveniências e, portanto, o purismo não existe.

“Estas leituras são totalmente equivocadas. Não busquei um partido por purismo, que muita gente prega, porque simplesmente não existe. A postura de qualquer partido é, em determinado momento, fazer alianças com alas mais à esquerda e, em outros, mais à direita. Este purismo que muita gente prega, além de equivocado, não é verdadeiro”, concluiu.

Comente