João Gonçalves revela que governador orientou deputados do PSB a não rebaterem Ricardo

O secretário estadual de Articulação Política, João Gonçalves, em rápida passagem pela Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (18), revelou que o governador João Azevêdo orientou os membros de sua bancada de sustentação política, especialmente os que pertencem ao PSB, a não inflarem a crise interna do partido na mídia.

“O governador, que é um homem focado na sua administração, quer preservar a imagem do partido e do governo. Por isso, nos pediu para não rebater as críticas do ex-governador Ricardo Coutinho. Ele pediu que, ao invés de proliferar a crise interna do partido, a bancada se concentre no trabalho, produzindo leis e ajudando ao governo no crescimento do estado e na melhoria das condições de vida do povo paraibano”, disse.

O deputado disse que a crise interna do PSB deve ser discutida internamente, mas na hipótese de não acontecer o entendimento entre os grupos do governador João Azevêdo e do ex-governador Ricardo Coutinho, “cada um deve seguir o seu caminho”. O deputado deu a entender que optará pelo governador, de quem é amigo pessoal “desde pequeno”.

“Conheço João desde pequeno, quando ele era bodegueiro lá em Cruz das Armas”, declarou João Gonçalves, lembrando que, em governos anteriores – a exemplo da gestão de Cássio Cunha Lima (PSDB) – rejeitou convites para ser secretário de Estado, mas só agora decidiu aceitar ao convite “pela relação de confiança recíproca” que mantém com o atual governador da Paraíba.