O deputado estadual João Gonçalves (PDT), disse hoje (20), durante uma entrevista na TV Master, que está bem em seu partido, mas condiciou sua permanência no partido ao apoio ao pré-candidato a governador pelo PSB, João Azevêdo.

Ele revelou que deve ter nos próximos dias uma conversa com o deputado federal, Damião Feliciano (PDT), para ter a certeza ou não, que o partido saíra unido com o socialista.

O parlamentar lembrou que na eleição passada foi prejudicado porque o seu então partido, PSD, do deputado Rômulo Gouveia, decidiu em cima da hora romper com o governador Ricardo Coutinho e apoiar o senador Cássio Cunha Lima.

“Este ano eu quero está nos palanques pedindo voto para meu amigo de longas datas, do tempo de infância em Cruz das Armas, João Azevedo”, frisou o deputado João Gonçalves.

Camara Municipal